Posto de atendimento da Sesipe na Rodoviária  homenageia o agente Henrique Honda

Na quinta-feira, 13 de junho, a Subsecretaria do Sistema Penitenciário do DF (Sesipe) inaugurou um posto de atendimento na unidade do Na Hora, da Rodoviária do Plano Piloto. O espaço, que servirá exclusivamente para agendamento eletrônico de visitas às unidades prisionais, leva o nome do agente penitenciário Honda, morto tragicamente, em 2015, durante um assalto, em Taguatinga.

A ASSPEN-DF, representada pela sua presidente Maryland Lima, marcou presença no evento e destacou a importância do posto para a memória de Honda.  “O Honda realmente foi um colega tão especial que é até difícil encontrar palavras para descrevê-lo. Um profissional excepcional que sempre se dedicou ao máximo para buscar melhorias para sistema. Foi uma covardia o que fizeram com ele, mas esse reconhecimento por parte da Sesipe é gratificante para a gente, pois sabemos que sua luta não foi em vão. É uma homenagem mais que merecida”, disse.

O secretário-adjunto da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Alessandro Moretti, parabenizou a iniciativa e todos os envolvidos para que o projeto fosse concluído. “Deixo aqui os meus parabéns a todos os servidores da Sesipe tanto pela inciativa, mas, também, pela capacidade de executar. Ideia todo mundo tem, mas são poucos que conseguem executá-las”, avaliou.

A inauguração contou também com a participação de familiares de Honda, que se emocionaram ao receber uma placa simbólica com a seguinte frase gravada: “Um guerreiro pode tombar na batalha, mas viverá para sempre no coração de seus irmãos de guerra”.

Melhoria do atendimento

O novo posto vai ampliar o trabalho já realizado no posto do Na Hora do Riacho Fundo I, que funciona desde 2015. A expectativa é dobrar a capacidade de pessoas atendidas, chegando a 65.200 atendimentos anuais.

De acordo com o agente penitenciário e coordenador dos postos da Sesipe, no Na Hora, Cícero Matos, com a nova unidade, ficará mais fácil para os servidores realizar o cadastro e agendamento de visitas aos presídios. Ele explica ainda que, além dos familiares da população carcerária, o posto irá atender também advogados que queiram visitar seus clientes.

“A expectativa é que sejam realizados mais de 60 mil atendimentos no local,e que, no futuro, a gente pare com o cadastro de visitantes nos presídios e fique só com o agendamento nas unidades do Na Hora, que são especializadas para esse tipo de serviço”, afirmou Matos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here